All for Joomla The Word of Web Design

Crescer com sentidos – Centro de terapia da fala fechado pelo COVID 19

Desde Logopedicum, iniciamos uma iniciativa para compartilhar as dificuldades e possíveis soluções que los terapeutas da fala e outros profissionais estão dando para continuar realizando nossas intervenções por meio de sessões alternativas que nos permitem garantir a continuidade bem-sucedida de nossas abordagens.

 

Portanto, gostaríamos de poder ajudar todos os grupos afetados e queremos compartilhar as experiências de vários centros e profissionais de referência, a fim de tornar essa realidade visível, de todas as perspectivas, para ajudar nossos pacientes, estudantes e usuários mais do que nunca.

 

Abaixo, você encontra a entrevista com Ana Silva, uma das profissionais do Centro Crescer com Sentidos, de Portugal, que, como outros centros especializados, foi forçada a fechar as portas devido à crise de saúde de Covid19.

 

Nesses momentos complicados, temos muitos heróis anônimos que deixam a pele diariamente para fazer com que tudo mantenha a máxima normalidade.
Muito obrigadas por participar desta iniciativa!

 

CENTRO CRESCER COM SENTIDOS – PORTUGAL

 

  1. Qual é o nome do centro onde você trabalha?

Centro Crescer com sentidos.

 

  1. Você poderia descrever em uma linha que tipo de serviço você oferece, onde está localizada e quantos profissionais você é?

Ofrecemos serviços de Terapia da Fala e Terapia Ocupacional em pediatria. Estamos localizados em S. João da Madeira e Stª Maria da Feira (Portugal). 2 profissionais.

 

  1. Quais ferramentas digitais você está usando para realizar as sessões?

De momento não estou a dar sessões.

 

  1. Como você avalia essas sessões alternativas? Você acha que eles são bem recebidos?

Ainda estou a refletir sobre essa situação pelo que ainda não apresentei qualquer proposta. Mas de momento sinto que o investimento a nível de tempo de planeamento das sessões, a própria orientação da sessão e ainda o uso de plataformas adequadas (que são pagas) exige a aprendizagem e pesquisa por parte dos profissionais, pelo que o valor deverá ser o mesmo de uma sessão presencial.

No entanto, se pensarmos em sessões de monitorização, em que não há intervenção direta, apenas passagem de estratégias e orientação aos cuidadores, talvez seja pertinente considerar um valor inferior.

 

  1. Você acha que fazer sessões virtuais será uma medida que você pode oferecer no futuro imediato?

Se considerarmos um futuro imediato, um prazo de uma ou duas semanas, penso que sim.

 

6. Você poderia descrever brevemente como está vivendo a situação atual e suas perspectivas?

Estou precisamente há 7 dias em casa de quarentena voluntária. Tenho vindo a preparar algum material para enviar por e-mail para os cuidadores desenvolverem em casa com as crianças, estando disponível para esclarecimentos sobre as mesmas e outras questões que surjam ligadas à terapia.

Também nas redes sociais da Crescer com Sentidos partilhamos diariamente sugestões de atividades com vista a ajudar os pais que estão por casa com crianças, tendo sempre em conta os recursos que poderão ter à disposição.

A par disso, tenho-me dedicado ao meu projeto Sorrisos de Fala, com o planeamento e construção de material que possa ser utilizado em sessões à distância, que é claramente uma lacuna nas nossas ferramentas. Embora esteja a ser construído para esse fim, no futuro poderá também ser utilizado em sessões presenciais com recurso à tecnologia.